20 de junho de 2018

Panorama: Avanço do Android é encarado como “fator positivo” para o rádio offline (FM)

O sistema operacional para smartphones gerido e criado pelo Google, o Android, tem avançado em sua participação no mercado em 2018. Um levantamento do StatCounter / Kantar Worldpanel, publicado e analisado pelo ZYDigital, aponta um forte avanço do Android no mercado brasileiro, em detrimento da presença do iOS (iPhone). Isso interessa ao rádio “offline” (FM), pois o sistema do Google conta com vários modelos de smartphones que oferecem o FM embarcado em suas funcionalidades.

No levantamento relacionado ao mês de maio, o Android representava 85% do total de todos os sistemas operacionais presentes em smartphones brasileiros, sendo que as vendas de aparelhos com Android representaram 93% do total no primeiro trimestre de 2018. Já o iOS conta com 12% de mercado no Brasil, porém as vendas no mesmo período foram de apenas 6%, devido ao seu alto custo de venda no país.

A oferta de aparelhos com Android é muito ampla, com várias marcas que embarcam o sistema operacionais em seus smartphones (como Samsung, LG, Motorola, entre outros). Desses, grande parte conta com o chip FM ativo e disponível em sua base de aparelhos. A publicação da ZYDigital lembra que a Apple é irredutível quanto a presença do FM ativo em seus aparelhos, diferente das empresas que contam com o sistema operacional do Google.

Esse fato auxilia na manutenção e, talvez, na possibilidade de ampliação do alcance do rádio no Brasil e também em outros países, já que várias marcas de smartphone tem sinalizado para a ativação dos chips de FMs em seus dispositivos. A presença do rádio na população brasileira supera os 90%, segundo estudo recente do Kantar Ibope Media.

Já nos Estados Unidos, principal mercado da Apple, metade dos celulares comercializados por lá conta com o chip FM ativo segundo a NAB, sendo que a outra metade é massivamente representada pelo iPhone.

iPhone não significa ausência total do rádio

A presença do iPhone na base de celulares comercializados no planeta não significa um “apagão” do rádio. O meio participa nesses smartphones através de soluções on-line, como aplicativos (de rádios e de indexadores, como o tudoradio.com) e portais web. Mas também há uma solução de “fones de ouvidos” que ativa o FM no aparelho, conforme destacado pelo tudoradio.com após apresentação da novidade na NAB Show deste ano (saiba mais).

Com informações da ZYDigital, NAB e StatCounter / Kantar Worldpanel

Fonte: tudoradio.com

Fotos

Notícias relacionadas